Reis do Café

Jogo competitivo de comércio de café

1.5 - 2 horas
Internas
Competitivo / Colaborativo
12 - Ilimitado

Sobre

Lembra quando tínhamos apenas dois tipos de café - coador ou de máquina? Agora o café se tornou um ítem necessário do estilo de vida atual, demandando das lojas e fabricantes uma ampla gama de opções, sabores e blends. tornando o comércio de café crescentemente competitivo e inovador. Do Quênia ao Caribe, e do Brasil a Bornéu, ser bem sucedido no negócio do café exige excelente inteligência de mercado e um serviço fantástico, combinados à capacidade de responder rapidamente às constantes mudanças nas tendências de consumo e gostos. Nesta atividade, as equipes desempenham o papel de comerciantes de café no fornecimento da cadeia de abastecimento, do produtor à distribuição e, finalmente, para o consumidor cada vez mais inconstante. Este jogo interativo e competitivo capta a essência de novas equipes de economia e centra-se em questões tais como o sucesso a curto prazo versus estratégia de longo prazo. 

Ele considera, ainda, o poder da informação, a necessidade da gestão de riscos, negociação com ganhos mútuos (win-win), e o desafio de gerenciar as necessidades do fornecedor e dos clientes, dentro de uma cadeia de suprimentos complexa. Este jogo dinâmico e instigante irá energizar o evento, gerando novas ideias e abordagens para o negócio. Durante o Debriefing, tem-se o momento perfeito para analisar o jogo, promovendo e reforçando o empenho e foco no cliente. Além disso, após o jogo não seria o momento perfeito para aproveitar aquela pausa para um café bem merecido?

Resultados de Aprendizagem

Esta intervenção foi cuidadosamente construída para quebrar a mentalidade compartimentada e garantir a colaboração entre as equipes, que trabalham para um objetivo comum. Os participantes experimentam a força das mudanças de mercado, a construção de cadeias de abastecimento e o desenvolvimento da compreensão das necessidades dos clientes. Reis do Café revela claramente a importância da coleta de informações, o comportamento adaptativo e compreensão dos mercados e valores das commodities. As equipes farão o papel tanto de compra quanto de venda, para maximizar a sua vivência, experimentando ambos os lados da equação do cliente.

  • Cada uma das equipes será um comerciante que importará e exportará café e estará paramentada com seus chapéus e sacas de café. Doze time juntos formarão 04 sindicatos (três times em cada sindicato).
  • No início do primeiro ano de negociação os clientes mostrarão suas necessidades de grãos para seus blends e cada equipe fará suas compras.
  • Quando a mesa de vendas fechar, as equipes poderão negociar umas com as outras.
  • Ao longo do anos os clientes estarão realizando suas compras e cada equipe deverá vender suas sacas, preferencialmente com lucro!
  • Assim que o segundo ano começa, o ciclo se repetirá; entretanto, uma urgente e repentina crise atingirá o mercado e exigirá ações rápidas das equipes para responder a essa crise.
  • Durante o terceiro ano os clientes atrasarão para passar seus pedidos, forçando as equipes a agir sob pressão.
  • No último ano, o mercado abrirá por um tempo menor, fazendo com que os times sejam ágeis em suas negociações.
  • Finalmente os sindicatos apurarão seus resultados, mostrando os vencedores.

A ideia era que nossos funcionários parassem de trabalhar por um minuto, focassem nas necessidades e dinâmicas da equipe e aprimorassem as ferramentas que os ajudariam a trabalhar de forma mais inteligente e melhor. A Bean Around the World realmente alcançou esse objetivo de maneira divertida e envolvente.

Training & Development Officer
TomTom

Request a Quote